Os termos da rendição – O FIM

Os 3 Exércitos chegaram em aviões particulares, um de cada lado do mundo. Dirigiram-se com pastas pretas para o palácio do governo provisório para negociar os termos da rendição.
A base de negociação era a estação da Primavera e no final da primeira reunião, um deles fez a seguinte declaração – “Vamos levar a vossa Primavera como contrapartida, é para vosso bem, esta Primavera já não vos servia para nada, era completamente obsoleta, fazia muito barulho e causava muitas alergias e assim ficam com um Verão mais longo, logo a seguir a Março, o que é uma grande poupança de energia e recursos, porque como sabem…”

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas . ligação permanente.

2 respostas a Os termos da rendição – O FIM

  1. Maria de Sousa Pedro diz:

    Espero que não seja o fim, mas principio de algo.
    Este espaço cheira a Poesia.

    Obrigada.

  2. José Martins diz:

    … passou-se Abril e eis que se celebrou, protegido pelo Salgueiro, a Maia.

    E a Terra coroada de tulipas abraçou o seu amante Zé

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s